Páginas

Como fazer uma monografia

Os passos para se elaborar uma monografia são apresentados neste texto, de forma sintética, buscando orientar estudantes que têm a missão de redigir um trabalho monográfico.

 

Tema deve ser

delimitado

Veja aqui alguns critérios que podem auxiliá-lo a ter

êxito nesta etapa de

definição da pesquisa.

 

Problema com o

problema?

A formulação do problema é crucial para bom êxito da

pesquisa. Saiba como ela

ocorre.

 

O que é pesquisa? Para que se pesquisa em ciências sociais aplicadas?

 

Artigo explica como apresentar objetivos gerais e específicos do projeto

 

Pesquisa tem que ser relevante; projeto deve indicar sua

importância social e científica

 

domingo, 1 de março de 2009

Como fazer uma monografia

Nem mesmo um livro inteiro esgotaria todas as possibilidades sugeridas pelo título deste artigo: como fazer uma monografia. Mas, podemos sitematizar alguns passos sobre como realizar esta tarefa, sobretudo àqueles que se encontram sem nenhuma idéia de como proceder.

1º passo - Clareza sobre o tema
A idéia clara e precisa do que se pretende estudar já é um excelente início para se escrever uma monografia. Não estou me referindo ao assunto, mas sim ao tema da pesquisa. O assunto sugere uma área de interesse, o que sempre traz inúmeras possibilidades, sendo amplo demais. Para se fazer uma monografia é preciso ter um tema, um assunto delimitado. Deve-se lembrar que monografia quer dizer estudo sobre um único tema, portanto é conveniente fugir de temas que se bifurquem e que ensejariam duas pesquisas e não apenas uma (o que, aliás, já é suficientemente trabalhoso). Para se delimitar um tema de pesquisa existem alguns critérios que precisam ser observados.

2º passo - Levantamento bibliográfico
Uma monografia só começa a se materializar quando deixamos de lado um pouco as elocubrações sobre a escolha do tema e partimos para a ação, indo às fontes para delinear melhor nosso estudo. Como fazer isto? Não há outro caminho a não ser o de se elaborar um levantamento de livros, artigos e teses que já trataram do mesmo tema ou pelo menos do mesmo assunto que o da nossa monografia. Esse levantamento será fundamental para verificarmos, na prática, se existe material suficiente para dar suporte a nosso estudo ou não, bem como para mapear como o mesmo vem sendo estudado por outros pesquisadores, dando uma idéia exata do estado da questão de nosso objeto. Deve-se ainda fazer um registro de todas as obras encontradas sobre o tema em fichas. As fichas, que devem conter as referências bibliográficas da obra, bem como a indicação de onde podemos encontrá-la para consulta, nos ajudarão depois, no momento de leitura e coleta dos dados.

3º passo - Problematização
Toda pesquisa é norteada por uma pergunta que pretendemos responder. Pergunta sobre a causa de um determinado fenômeno ou sobre o seu comportamento. De posse dos dados iniciais coletados no levantamento bibliográfico e orientados pela delimitação do tema, então precisamos tornar claro o nosso problema de pesquisa. Para problematizar um objeto, é necessário transformar em pergunta (que possa ser respondida por meio de pesquisa) o tema que nos propusemos a estudar.

4º passo - Sumário provisório
Tendo já definido nosso objeto de estudo (o tema devidamente delimitado e problematizado), passemos então à redação do sumário provisório. Todo autor antes de escrever um livro redige uma lista de assuntos que serão tratados nos capítulos. Tal lista ajudará na hora da redação. Pois bem, antes de escrevermos nossa monografia é preciso planejar os assuntos que serão tratados nos seus capítulos. Isto é feito como num sumário de livro, com a diferença que esse nosso esqueleto será ainda provisório. Muito bem, numa folha ou mesmo no computador escreva o título de sua monografia, na sequência um rápido resumo de sua delimitação e problematização. Em seguida, relacione os títulos provisórios dos assuntos que serão abordados nos capítulos, enumerando-os. É bastante útil que cada capítulo planejado seja subdividido em itens. Exemplo:
Título
Tema
Delimitação
Problema
Cap. 1
1.1
1.2
1.3
Cap. 2
2.1
2.2
2.3
Cap. 3
(...)
Cap. 4
(...)
À medida que o estudo avançar, serão feitas alterações neste plano provisório, mas ele nos auxiliará nas etapas seguintes do trabalho.

5º passo - Coleta de dados
Quando sabemos com precisão onde queremos chegar e o que pretendemns estudar, fica mais simples realizar a tarefa da coleta de dados. É a pesquisa propriamente dita. Nesta fase levantaremos todas as informações necessárias para responder à pergunta-problema e desenvolver nossa monografia. Podemos buscar os dados em diversas fontes, como na observação de experimentos, no levantamento de dados em campo, por meio de questionários e entrevistas e ainda por meio da leitura exaustiva da bibliografia arrolada na etapa do levantamento bibliográfico. Toda a bibliografia selecionada deve ser lida e fichada. No fichamento, anotaremos as informações que mais nos interessam para o desenvolvimento da monografia. É importante anotarmos também, em fichas ou folhas avulsas, as idéias que forem surgindo da leitura. Essas fichas conterão apenas nossa reflexão sobre o assunto, não se tratando de uma cópia do pensamento dos autores estudados.

6º passo - Redação do trabalho
Com a posse de todos os fichamentos de leitura e de idéias e os dados levantados em nosso estudo de caso, passaremos agora à escrita propriamente da monografia. Antes de escrevermos, iremos reorganizar o sumário provisório, de acordo com o material que conseguimos agrupar. Uma boa estratégia é criar uma pasta (do tipo pasta-catálogo). Cada repartição será destinada a um dos capítulos. Nesses compartimentos nós iremos distribuir nossos fichamentos. Assim, para cada capítulo teremos o planejamento dos itens que serão tratados e do respectivo material pesquisado. Depois dessa organização, passamos à escrita do trabalho, lembrando que a monografia deve apresentar os resultados da pesquisa realizada e que os dados ali indicados visam a responder um problema. Não se esqueça de que as citações bibliográficas e a própria formatação do trabalho devem obedecer a normas técnicas da instituição onde o trabalho será apresentado e da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Como dissemos no início, impossível esgotar um assunto como este. Mas, espero ter contribuído de alguma forma para aqueles que querem iniciar sua monografia mas que não sabiam ao certo como fazê-lo.

18 comentários:

Cacilda Alencar disse...

Excelente trabalho! Auxiliou em muito na elaboração de minhas aulas. Que bom que há educadores dispostos a reelaborar conhecimentos adquiridos e compartilhá-los! Agora irei compartilhar com mais 40!

José Artur Teixeira Gonçalves disse...

Obrigado, Cacilda. Seja sempre bem-vinda e que possamos trocar experiências desta nossa tarefa de educar. Abraço. J.Artur

Sheila Albuquerque disse...

Boa ajuda. Estou desesperada com a minha!!!

Anônimo disse...

OBRIGADO, COM ESSAS INFORMAÇÕES INICEI MINHA MONOGRAFIA. ADOREI UM TEXTO CLARO E OBJETIVO QUE FACILITOU E ME AJUDOU MUITO......

valeria disse...

Estou deseperada!Já não tenho mais ideias e gostaria de sugestoes.Falta eu começar fundamentação teórica,METODOLOGIA ,POPULAÇÃO E AMOSTRA ,CRONOGRAMA, RECURSOS e REFERÊNCIAS.Pode me ajudar?

Tintoca disse...

Parabéns pelo artigo e pelo blog!

Cíntia

Marli disse...

Professor José Arthur, obrigada pelas informações, ainda tenho dúvidas de como iniciar a metodologia de minha pesquisa, pode me dar mais dicas ?
Grata !

Bruno Carlo disse...

Ótimo texto, estou fazendo minha monografia e você me ajudou bastante, parabéns.

Jardeson disse...

professor eu estou com muita dificuldade!!
a minha professora me mandou fazer um fichamento sobre tematica de monografia e eu não achei nada especifico do que ela pediu. oque devo fazer? como se pode fazer sobre essa questão? obg. o senhor pode me responder pelo e-mail: jardesonkbca@hotmail.com vou te agradeecer de coração!!!

SANDRA disse...

Bom Dia Professor,
Achei maravilhoso seu artigo, assim como o conteúdo do blog.
Qual a sugestão que você dá para a referência deste artigo?
Obrigada.
Sandra Cartaxo

Pastor Elenilson disse...

Aceitei o desafio de orientar uma turma de Teologia quanto à monografia. Seu blog foi para nós como uma mina de ouro. Muito obrigado por sua abertura em compartilhar seus conhecimentos. Parabéns por sua iniciativa! Que o Senhor Jesus lhe dê a devida recompensa.

José Artur Teixeira Gonçalves disse...

Olá, Pastor Elenilson, Graça e Paz! Fico feliz por poder ter contribuído de alguma forma. Grande abraço!

Anime Daiki disse...

Olá!!

Gostei do seu blog e estou seguindo ele! Se gostar siga o meu também!

Beijos
@AngelKiller_
http://anime-daiki.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

OBRIGADO PELO TRABALHO QUE TENS FEITO. TENS AJUDADO MUITA GENTE SE TIVERES MATERIAL OU ALGUMA BIBLIOGRAFIA PARA GESTAO BANCARIA AGRADECIA. MEU TEMA;EFICIENCIA DO MICRO-CREDITO PARA ERRADICAÇAO DA POBREZA E DESEMPREGO.
AROCHA@ATLANTIDAVIAGENS.COM

fran disse...

Nossa! Gostei muito e com certeza irá me ajudar. estou passando por aperreios em minha monografia, às vezes chego ao desespero....bola pra frente para alcança os objetivos...

Anônimo disse...

Como fazer uma monografia quando não se tem material suficiente? Encontrei apenas um artigo referente ao meu tema.

José Artur Teixeira Gonçalves disse...

Olá, obrigado pela visita. Neste caso, é melhor verificar o que está ocorrendo: há pouco pesquisado e escrito sobre o tema? ou minha pesquisa bibliográfica precisa ser ampliada para as teses, dissertações, grupos de pesquisa? Caso o tema seja realmente inédito, converse com o orientador para avaliar se é pertinente, neste estágio, desenvolver o trabalho ou não. Boa sorte!

Marlene Lima Guimarães disse...

Obrigada pela grande ajuda. Estou iniciando meu projeto e venho aqui consultar constantemente. Que Deus te prospere em tudo que fizer!